Balanço do CBLoL: o que vem por aí?

0

Balanço do CBLoL: o que vem por aí?

As equipes do CBLoL se esforçam para fazer de cada etapa a mais disputada da história, e ultimamente elas têm conseguido. Foram só três semanas até esta pausa de Carnaval, mas já temos liderança dividida, o meio de tabela recheado e uma corrida para apagar incêndios na lanterna.

Tranquilo, favorável, na moralzinha

Assim como Murilão, a Keyd está tranquila no topo da tabela – apesar de ter perdido o 100% de aproveitamento.

Ninguém apostava que a Keyd se manteria no topo da tabela depois de ter mudado 3 dos 5 jogadores da equipe – Leko, Revolta e Loop. Três rodadas depois, os novatos vindos do Circuito Desafiante, Turtle e Baiano, uniram-se com Robo para criar uma nova geração de Stars que disputam partidas de mais alto nível. Com uma habilidade individual muito grande, a Keyd tem demonstrado que seu bootcamp na Europa fez muito bem para a equipe, e apesar do último empate contra a KaBuM, eles não demonstram sinais de instabilidade.

O que vem por aí? Foi importante somar 7 dos 9 pontos disputados até agora, já que a equipe enfrentará nas últimas quatro rodadas todas as equipes que estão na parte de cima da tabela: INTZ, paiN, Kino e Red Canids. Grantindo três pontos, a classificação está praticamente assegurada, mas defender a liderança pode ser mais complicado.

A INTZ se recuperou da punição de quatro pontos e começa a correr atrás da liderança do CBLoL.

Não fosse a perda de 4 pontos por punição, a INTZ estaria ao lado de Keyd e Kino na liderança, com 7 pontos. A equipe já fez o mais difícil: recuperar-se do começo do campeonato com -4 pontos e manter a motivação dos jogadores em dia. Os Intrépidoz conseguiram respirar, e agora podem focar na luta pelos primeiros lugares. A INTZ se mostra muito entrosada e com alto nível de jogo. Mesmo não tendo o mesmo ritmo da Primeira Etapa de 2015, é uma das grandes favoritas.

O que vem por aí? A INTZ estreou contra uma paiN Gaming com o suporte reserva e saiu com o empate, o que poderia preocupar a torcida, mas venceu os dois próximos confrontos. Agora vem a briga direta pelo topo: Keyd na Semana 4 e Kino na Super Semana. Caso tropece contra as equipes fora do topo (KaBuM e CNB), a briga pela liderança pode ficar distante.

Os dois lados da moeda

A paiN tenta encontrar o caminho após a suspensão de Mylon, e não tem sido fácil.

A paiN começou o ano com o suporte reserva Picoca e -2 pontos na tabela, e ainda conseguiu resultados regulares: vitória contra KaBuM e empate contra a INTZ. O grande problema para a equipe foi a suspensão de Mylon. Sem o topo titular, a equipe atuou mal e perdeu para a surpreendente Operation Kino. Com mais uma rodada de punição, a paiN deve aproveitar o intervalo de carnaval para intensificar os treinos, entrosar TheFoxz com o time e traçar um bom plano de jogo contra a CNB.

O que vem por aí? A equipe enfrenta na Semana 4 (a última da suspensão de Mylon) uma CNB desmotivada, na lanterna do campeonato. Pode ser a deixa para garantirem alguns pontos até o retorno de Mylon. A paiN tem dois pontos, e vê a liderança longe, mas os confrontos diretos contra Red Canids e Keyd Stars podem colocar a equipe novamente no páreo.

Os meninos do xerife Professor estão mostrando que conseguem aproveitar qualquer oportunidade de brilhar.

Com uma mistura de jogadores que vieram do Circuito Desafiante e outros que atuaram – sem tanto brilho – na Segunda Etapa do CBLoL 2015, a Kino chegou sem fazer barulho. A equipe surpreendeu logo na estreia ao vencer a CNB. O empate contra a g3x foi considerado “normal” para quem vinha chamando atenção por apostar no late game. Após a vitória convincente contra a paiN na Semana 3 e a liderança do CBLoL dividida com a Keyd, a Kino foi alçada ao patamar de grande revelação do cenário. Apesar de seu lugar no topo da tabela, a Kino ainda não conquistou todo mundo, mas mostrou que não vai perder nenhuma oportunidade.

O que vem por aí? O pé atrás dos fãs de eSports tem certo embasamento. Apesar de estar no topo, a Kino enfrentou equipes que estão na parte de baixo da tabela. Claro, a estreia contra a CNB foi mais impressionante, visto que foi o começo da derrocada Blumer. O empate contra a g3x – penúltima colocada – e a vitória contra a desfalcada paiN foram cruciais para levar o time ao topo. A grande pergunta é: e nas próximas rodadas contra Red Canids, KaBuM, Keyd e INTZ? A equipe mantém o status de surpresa ou cai de rendimento, assim como a g3x de 2015?

A eterna promessa de resultados

O retrospecto da KaBuM em 2015 assusta, mas a equipe tem espaço para se reerguer no campeonato.

Do Mundial 2014 para duas Séries de Promoção em 2015. A KaBuM impressionou pelo lado negativo em seus resultados durante o ano passado. Terminar o Pós-Temporada 2015 em segundo lugar parecia mostrar que a equipe estava pronta para voltar a ser aquele time brilhante de 2014. O fraco começo em 2016, porém, com dois empates e uma derrota, colocou a equipe em 6º lugar na tabela. A parte boa é que o confronto contra a líder Keyd mostrou a cara de uma nova KaBuM, com estratégias espertas e o poder individual imenso – que sempre tiveram – funcionando de maneira coletiva.

O que vem por aí? A KaBuM tem a seu favor o fato de já ter enfrentado duas das equipes favoritas ao título – paiN (com Mylon) e Keyd. Caso não desperdice pontos contra equipes consideradas inferiores, a KaBuM tem uma chance real de chegar à fase eliminatória do CBLoL.

A imagem de pbO após a terceira derrota da CNB é triste – e ilustra bem o momento da equipe.

Ah, CNB… Equipe de tantas glórias e história que agora amarga a última posição do CBLoL. Muitos se dividem entre o que pode estar afetando o rendimento da única equipe que manteve todos os jogadores do último campeonato para a Temporada 2016. Meta? Falta de um líder? Falta de uma liga entre os jogadores nas partidas? Motivação baixa? Fato é que a equipe ainda não pontuou, e se encontra em uma situação muito alarmante para a sequência do campeonato. No Depois do Nexus, esA e Kami disseram acreditar que a equipe provavelmente não escapará do rebaixamento.

O que vem por aí? A pausa de Carnaval vem em hora crucial para a CNB, que ainda disputa 12 pontos no CBLoL – os líderes Keyd e Kino têm 7. Os jogadores se afastaram de mídias sociais e transmissões para focar no trabalho de reerguer o time, que pega na volta do Carnaval uma paiN Gaming desfalcada de Mylon. Oportunidade de ouro para a equipe interromper a sequência de derrotas e ganhar motivação contra a maior rival para começar sua caminhada no CBLoL – antes que seja tarde demais.

O “vira” dos novatos

A Red Canids impressiona por sua regularidade, mesmo após a perda do topo Robo, a grande estrela do time, em 2015.

A saída de Robo no final de 2015 não parece ter afetado tanto assim a Red Canids. Ayel conseguiu boas atuações no CBLoL até agora, e a equipe mantém uma posição regular no campeonato, com quatro pontos conquistados, à frente de equipes como paiN e INTZ. Caso mantenham a regularidade, conseguirão sem problemas conquistar mais uma vez a vaga na fase eliminatória.

O que vem por aí? A Red Canids tem confrontos mistos. Por um lado, enfrenta a Kino e a g3x, equipes consideradas medianas pelo nível técnico; pelo outro, enfrenta a paiN e a Keyd na Super Semana. Caso não consiga pontuar nos dois primeiros confrontos, pode ter problemas para garantir a vaga.

Apesar de estar em penúltimo, a g3x conta com o fato de já ter jogado contra a parte de cima da tabela – Kino, Keyd e INTZ.

A falta de entrosamento atingiu a g3x. Apesar de ter alguns jogadores remanescentes do ano passado, as posições que coordenam as jogadas do time (caçador e suporte) mudaram, bem como o atirador. A pausa de Carnaval vai ajudar a mudar algumas coisas na equipe. Com apenas um ponto conquistado (em empate contra a Operation Kino), a g3x se encontra em posição complicada no CBLoL, e apesar de a perda de pontos até aqui ter sido “aceitável” (já que enfrentaram INTZ e Keyd), qualquer tropeço pode custar muito caro a partir de agora.

O que vem por aí? Um dos pontos positivos para a g3x é que eles ainda enfrentarão os adversários mais próximos na tabela: KaBuM, CNB e paiN, além de Red Canids. É o famoso caso de “jogos de seis pontos”.

 

Fonte: Lolesports

Comentários

comentários

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA